|      Contato      Localização         



 

Palavra do Presidente


Paulo Montes

Diretor Presidente FBTS - set/2017 a ago/2019

Prezados Inspetores

Estou nos últimos meses vivenciando mais de perto as dificuldades que todos vocês inspetores do SNQC, tem passado. Desemprego, baixos salários e condições de trabalho muitas vezes difíceis. Nem sempre foi assim, num passado recente tivemos anos muito bons. Mas como tudo na vida existem ciclos, este ciclo de baixa do mercado está terminando.

Todos os dias saem boas notícias nos jornais e redes sociais, porém em letras pequenas, as más notícias saem em letras grandes nas primeiras páginas. Precisamos ter olhos para ver o futuro.

Hoje finalmente após quatro anos de grandes dificuldades a Petrobras começa a assinar contratos novos de construção e montagem (Planta de Gás do COMPERJ), manutenção (Bacia de Campos), PDD São Paulo e outros menores. Somente para o COMPERJ serão assinados mais de 20 contratos até o final do deste ano. E não é só isto, o grau de endividamento da Petrobras cai mês a mês, os preços do barril do petróleo subiram a patamares mais realistas. O Brasil com os últimos leilões de Petróleo trouxe uma dezena de novas empresas para explorar o pré-sal.

Todas estas novas Companhias Petrolíferas vão fazer os seus investimentos no Brasil, o dólar tem nos ajudado a sermos competitivos novamente. Hoje a indústria de produtos manufaturados aumenta a exportação de carros a cada mês. Isto é um bom sinal pois se exportamos carros é sinal que produzimos com qualidade e apreços competitivos.

Vocês devem estar se perguntando aonde quero chegar. Então eu vou ao ponto. Profissionais bem treinados são a base de qualquer esquema produtivo de fabricação, e vocês sem sombra de dúvida são vencedores. Quem passa nos exames do SNQC está preparado para qualquer competição. Noutro dia estive com um amigo de uma Cia de Petróleo Estrangeira e conversei longamente com ele sobre inspetores de soldagem e de dutos. Ele desconhecia um pouco de como este assunto era conduzido no Brasil, mas ao término da conversa demonstrou claramente que o mais sensato e eficiente era contratar inspetores certificados no Brasil pelo SNQC.

Voltando ao Petróleo, todas estas Cias que compraram reservas nos últimos leilões de petróleo vão precisar dos nossos serviços. A produção de Petróleo e Gás do Brasil vai crescer muito nos próximos anos, praticamente duplicar e apesar de parte deste petróleo ser exportado todo o gás natural produzido será consumido no Brasil, com isto teremos muitas UPGN´s, dutos, térmicas, redes de distribuição e etc. Além disto, todos os ativos e empreendimentos inacabados que a Petrobras alienou começam a ganhar vida, pois o novo dono tem recursos para investir em ampliações ou término da obra parada. Por isto é importante não esmorecer e não se deixar abater. Estamos no final da Crise e as oportunidades começam a aparecer. Perder a certificação agora seria como morrer na praia.

Atenciosamente,

Paulo Montes – Formado em inspeção de solda N2 em 1988 pela FBTS – 04/04/2018





 

Mensagens Anteriores


Fundadores
© Copyright 1982 - FBTS